Loading...
Blog
  • Main page
03
02
2017

A ilusão da dieta do CARBOIDRATO – Fique longe

Para emagrecer existe um mundo de dietas, da sopa, do ovo, da banana e tantas outras, uma mais absurda que a outra. E por incrível que pareça há muitas pessoas que são adeptas de dietas malucas na luta pelo corpo perfeito. O que elas esquecem é que pra chegar a esse objetivo não existe outro caminho se não for uma alimentação saudável e prática de exercícios físicos, não tem pra onde correr.

Neste meio encontra-se a dieta do carboidrato, que consiste em cortar esse importante macronutriente da alimentação, o que é muito prejudicial para o bom funcionamento do organismo e o bem estar. Visto que é responsável por fornecer nutrientes energéticos para fazermos as atividades do dia a dia, nos deixando fortes e saudáveis, e para isso os carboidratos devem cumprir mais de 50% das calorias necessárias.

É muito importante entender que somente o excesso desse nutriente que gera gordura, ou seja, basta ter uma alimentação regrada, que então não terá perigo de engordar e nem de prejudicar a saúde. Mas, jamais tirá-lo da sua cadeia alimentar, até porque seu corpo não suportaria muito tempo sem esse carboidrato, seu sangue e sistema nervoso ficam sedentos por glicose, e quando voltasse no “bum”  acabaria engordando mais do que antes da dieta.

Fora que uma dieta dessas prejudicaria outro importante carboidrato, principalmente para praticantes de musculação, o glicogênio, que é essencial para evitar fadiga física, e nos dá mais resistência para o treino. Além do mais, a falta desse macronutriente mexe também com o metabolismo, e atleta nenhum quer que essa função seja prejudicada.

Então, se você não quer perder massa magra, ao contrário ganhar, nem pense na possibilidade de restrição, coma o essencial, porque o excesso é prejudicial. O nutricionista vai te mostrar as melhores opções de consumo de carboidratos, mas, podem ser encontradas por exemplo, na maçã, batata doce, arroz integral, pão e integral, aveia, tomate, brócolis, feijão preto e tantos outros alimentos.

 

 

author: ma.gabrielasouza

Jornalista- Centro Universitário 7 de Setembro

Comment
0

Leave a reply