Loading...
Blog
  • Main page
17
01
2019

Carboidratos função e bioquímica

By admin 0

CARBOIDRATOS: FUNÇÃO

Durante um exercício, os músculos necessitam de um aporte contínuo de energia procedente dos carboi- dratos, das proteínas e das gorduras que se encontram nos músculos, no fígado e no sangue. A intensidade e a duração da atividade determinam que tipo de macro- nutriente será consumido predominantemente como energia, ainda que os carboidratos sejam a principal fonte de energia dos músculos, assim como, para os principais tecidos do organismo.

Quase todos os carboidratos provêm de fontes vegetais, com exceção da lactose, que é encontrado no leite. Os carboidratos são formados por carbono, hidrogênio e oxigênio mediante um processo que se realiza no interior das plantas, que absorvem a energia do sol e a converte em carboidratos que são utilizados como energia e, que são armazenados em seu interior. Quando ingerimos estas plantas, em troca, consumimos estes carboidratos.

Os carboidratos são a única fonte de energia utilizada pelo cérebro e pelo sistema nervoso central. Acredita-se que o cérebro e o sistema nervoso central necessitem Para contrair, os músculos também necessitam de um aporte constante de carboidratos na forma básica de glicose. Além disso, os carboidratos também ajudam a evitar que a proteína muscular seja utilizada como energia. Para metabolizar as gorduras de maneira eficiente, os carboidratos também serão necessários. Os alimentos ricos em carboidratos aportam à dieta, a fibra necessária que nem as proteínas e nem as gorduras podem proporcionar. A quantidade mínima de carboidratos necessária diariamente para prevenir deficiências é determinada pela quantidade diária.

TIPOS DE CARBOIDRATOS

Os carboidratos são classificados ou nomeados de acordo com sua estrutura química. Os monossacarídeos são unidades simples de carboidratos; os dissacarídeos são a união de dois monossacarídeos; e os polissacarídeos são carboidratos com múltiplas unidades de moléculas de açúcar unidas para formar carboidratos de cadeia longa. Em geral, a maioria dos especialistas se refere aos carboidratos como simples, aos que são formados por uma ou duas moléculas, ou complexos, referindo-se aos polímeros de cadeia longa.

Ainda que existam algumas exceções á regra, os carboidratos simples geralmente são açúcares ou edulcorantes e os carboidratos complexos são amidos ou fibras.

Edulcorantes: são substâncias com alta capacidade de adoçar. Geralmente são dezenas, às vezes, centenas de vezes mais doces do que o açúcar tradicional.

Em uma dieta sã, a maior parte dos carboidratos deveria ser proveniente das frutas e verduras, e dos cereais e pães integrais, assim como dos produtos lácteos desnatados.

Limitar a quantidade de açúcares e edulcorantes agregados é uma recomendação nutricional estabele- cida por varias organizações de saúde com a finalidade de se reduzir a tendência a obesidade. Nos Estadosreferência sugeriam limitar os carboidratos simples a- dial de Saúde recomenda que as calorias procedentestotais. Há que se considerar que, os açúcares adicio- nados não são os mesmos encontrados naturalmente nos alimentos. Em indivíduos ativos que consomem aproximadamente 2500 caloria, isso representa entre 250 e 625 calorias dos açúcares adicionados.

As pessoas ativas podem alcançar até 25% do total de calorias procedentes deste açúcares, sempre e quando o equilíbrio calórico for o adequado, enquanto que, as pessoas sedentárias deveriam limitar estas calorias.

Tags for this post

author: admin