Loading...
Blog
  • Main page
20
10
2018

COMO CALCULAR percentual de gordura corporal: ADIPOMETRO

By admin 0

O cálculo do tecido adiposo pode ser realizado de diversas maneiras de fácil utilização, basicamente mediante o uso de adipômetros, ou por métodos mais sofisticados (porém, também muito simples) mediante impedância elétrica, ou, bioimpedância.

Até poucos anos atrás, era quase impossível realizar uma medição do percentual de gordura que fosse simples de utilizar, precisa e barata. Os atletas tinham que escolher entre aferir seu peso na água, o que ti- nha que ser feito em centros especializados onde era possível a realização desta medida, ou então, realizar uma bioimpedância em um centro médico desportivo, através de computadores de aspectos intimidantes, onde o atleta era conectado a vários eletrodos sobre a pele, após a aplicação de um gel que permite penetrar melhor, captando os pequenos impulsos emitidos pelo aparelho e, em seguida, esperar a interpretação dos valores através do médico ou preparador físico. Ambos os métodos, apesar de serem confiáveis, não eram cômodos e muito menos baratos, sendo impossível realizá-los várias vezes; isto era inconveniente, pois não permitia um controle exaustivo durante a temporada ou durante a dieta de controle de peso.

Depois apareceram os adipômetros, mais caseiros e baratos, que consiste em pegar as pregas de gordura de determinadas áreas do corpo, com uma pequena pinça ou calibre. É claro que este método tem o incon- veniente da imprecisão, no entanto, é muito prático na realização de um controle mais contínuo.

É possível estimar a adiposidade, que permite fazer um seguimento periódico e detectar toda a elevação anormal durante uma temporada.

As pregas cutâneas são realizadas em diferentes pontos:

  1. Torácico: prega diagonal entre a prega axilar e o mamilo. É utilizado um ponto médio para os homens  e terço da distância da axila para as mulheres;
  2. Abdômen: prega vertical a aproximadamente 2,5 cm do umbigo;
  3. Suprailíaca: prega diagonal em ângulo de 45 graus acima da crista ilíaca;
  4. Coxa: prega vertical na parte frontal da coxa no ponto médio da distância entre a espinha ilíaca e a patela;
  5. Tríceps: prega vertical sobre o músculo do tríceps no ponto médio da distância entre o acrômio (escápula) e o olécrano (cotovelo);
  6. Subescapular: prega diagonal em ângulo de 45 graus em relação à coluna vertebral, abaixo da borda inferior da escapula;

O cálculo da prega cutânea do tecido adiposo é baseado na relação entre a gordura subcutânea (abaixo da pele) e a gordura corporal total. Devemos levar levar em consideração que até 1/3 desta gordura está armazenada abaixo da pele e, o restante se encontra ao redor dos órgãos internos, atuando como isolante ao redor dos nervos, e em todas as células, inclusive, as células musculares.

Para realizar a medida das pregas cutâneas, faça uma pegada com o polegar e o dedo indicador e, em seguida, coloque o compasso distante 1,5 cm dos dedos; isto irá medir tanto a profundidade da pele como sua amplitude
(por exemplo, se a amplitude é de 1,5 cm, se mede 1,5 cm com o compasso). A medida é anotada e repetida até que seja consistente. Devemos empregar as pregas cutâneas de tórax, abdominal e coxa para homens e, tríceps, suprailíaca e coxa para as mulheres.

Caso não tenha um adipômetro ou outro sistema mais preciso, simplesmente se pode beliscar a pele sobre a parte posterior do braço, entre o ombro e o cotovelo. Se a largura da pele excedendo o tecido muscular excede os 10 mm, a gordura acumulada indica a necessidade de controlar o peso.

Esta medição é útil para as pessoas sedentárias já que apresenta nos braços e especialmente no tríceps, um nível de gordura acumulado que é relacionado com seu percentual geral de gordura corporal.

A obesidade é definida como mais de 20% de gordura em homens e 30% em mulheres.

Este sistema não é válido para pessoas que treinam habitualmente com pesos, já que podem possuir um alto percentual de gordura corporal geral, mas na área do tríceps possuir uma baixa concentração.

Tags for this post

author: admin