Loading...
Blog
  • Main page
10
01
2017

Dicas de alimentos que devem ser evitados ou não para alcançar as metas na musculação

Todos sabemos que não adianta focar no treino e relaxar na alimentação. Que os exercícios só vão gerar resultados se for combinado à uma dieta balanceada, de acordo com os objetivos e fisiologia de cada pessoa. Por isso, hoje o Como Treinar traz dicas do que você deve ou não evitar para alcançar sua meta.

Vamos começar com o carboidrato, deve-se diminuir o consumo, mas jamais parar de comer, consuma aproximadamente 150 a 200g por dia.   O resultado vai ser a otimização da queima de gordura. A proteína é o foco, aumente o consumo de carnes bovinas magras, frango, ovos e peixes porque ajudam na formação e contração dos músculos. Quem realiza atividade física deve comer uma base de 1,1g de proteína por kg de peso, aproximadamente.

Abuse de legumes e verduras verdes, possuem alta quantidade de fibras o que dá sensação de saciedade. A exemplo temos o brócolis que de quebra ajuda na formação de músculos. Sempre prefira alimentos cozidos ou grelhados , fuja de frituras se você deseja uma barriga sarada e um sangue livre de colesterol. Diminua a quantidade de frutas, mais uma vez: diminuir e não parar de comer. As frutas possuem um tipo de  açúcar que se transforma em gordura, prefira as vermelhas que são antioxidantes e previnem a perda de massa muscular.

Alimente-se 6x ao dia, assim o seu corpo irá trabalhar mais para digeri-los e consequentemente haverá melhora no metabolismo. Além de sentir menos fome. Livre-se de alimentos industrializados, eles contém muito sódio, açúcar, gordura e tudo que você não precisa. A gordura que se precisa está no azeite de oliva, amêndoas e castanhas, por exemplo. Escolha os alimentos naturais. Para finalizar consuma bastante água, uma dica é tomar dois copos de água gelada entre as refeições, pois, aumenta o conteúdo gástrico e libera substâncias que aumentam o metabolismo.

author: ma.gabrielasouza

Jornalista- Centro Universitário 7 de Setembro

Comment
0

Leave a reply