Loading...
Blog
  • Main page
18
02
2019

Qual é a melhor proteína para GANHAR MASSA MUSCULAR

By admin 0

Muitas vezes, a informação sobre a escolha da melhor proteína é bastante confusa. A pergunta que todos fazemos é: existe uma mistura ideal de proteínas? Animal ou vegetal?

A proteína pode parecer uma substância simples, mas não é assim. De fato, somente podemos sintetizar proteínas a partir de 20 aminoácidos e apenas oito destes são considerados essenciais no adulto. Os alimentos com baixas quantidades ou deficientes em um ou mais destes aminoácidos formam proteínas consideradas incompletas. Por exemplo, o feijão possui deficiências do aminoácido metionina. A gelatina é deficiente em triptofano;  o pão e o arroz são deficientes em lisina. Pelo fato de nosso organismo necessitar destes aminoácidos para sintetizar ou reparar suas proteínas devemos ingerir outros alimentos protéicos que contenham estes três aminoácidos mencionados. Do contrário, sofreremos deficiências. Por sorte, há alimentos que são muito ricos nestes três aminoácidos e podem enriquecer nossa ingestão de proteínas. E também, a combinação de alimentos soluciona o problema. Por exemplo, se há uma dieta com gelatina, acrescentamos leite (rico em triptofano), e solucionaremos o problema e assim sucessivamente. O importante é, portanto, saber escolher a combinação de alimentos que cubram as necessidades de todos os aminoácidos.

As razões pela qual se sustenta que as proteínas vegetais são de inferior valor protéico que as animais, se deve justamente a isto; ao fatoras primeiras serem deficientes em aminoácidos essenciais. No entanto, estas deficiências podem ser solucionadas escolhendo adequadamente as combinações dos alimentos que vamos ingerir.

Outro aspecto importante sobre a ingestão de proteínas é sobre a quantidade diária adequada. Devemos ingerir entre 1 e 1,15 gramas por quilo de peso corporal ao dia. No caso dos vegetarianos, e devido aos vegetais fornecerem uma quantidade menor de proteínas que os alimentos de origem animal, a pessoa deve ingerir uma maior quantidade de alimentos para cobrir suas necessidades protéicas.

Alimentos ricos em proteínas, tais como o frango, a carne e o peixe são muito adequados sempre e quando se utiliza porções magras (com baixa quantidade de gordura). Porem, lamentavelmente, entre 55 e 60% de algumas peças de carne vermelha são de gordura (na maioria, gorduras saturadas), convertendo estes alimentos em pouco recomendáveis. Evidências recentes demonstram que as gorduras saturadas podem ser armazenadas no organismo em forma de tecido adiposo em maior medida que, por exemplo, os omegas 3 do oleo de pescado. Essa é a razão pela qual quando cortamos a carne de vaca ou porco, aparecem aquelas partes visíveis de gordura que se convertem em líquidos quando cozinhamos.

Leve em consideração que a carne vermelha pode inclusive chegar a possuir até 40% de gordura. A carne de frango, peru e peixes costumam ser escolhidas por atletas devido estas carnes possuírem muito menos gordura. Um peito de frango possui apenas 18% de calorias procedentes das gorduras, e um peito de peru ou uma porção de peixes possui apenas 7%.

author: admin