Loading...
Blog
  • Main page

Saiba os alimentos vilões do sonhado tanquinho – Dicas de 3 abdominais seca barriga

09.02.2017

Quem não deseja uma barriguinha tanquinho? Há quem prefira ela lisinha à moda natural e aqueles que anseiam por um abdome cheio de músculos. Bem, o gosto não se discute, o que é indiscutível é que paradão em casa o máximo que dá pra conseguir são os pneuzinhos.  O post de hoje traz dicas de 5 exercícios abdominais que dá pra fazer onde você quiser, mas antes vamos saber os alimentos vilões da barriga sarada.

Claro que toda meta que envolve saúde e físico mexe com a alimentação, não tem pra onde correr, então saiba alguns alimentos dos quais você deve fugir para chegar a sua meta. O primeiro da lista não poderia ser outro: esqueça refrigerante! Ele tem uma alta concentração de açúcar que vai ser transformada em gordura e ficar exatamente na área abdominal, evidente que não queremos isso.

Evite tudo que tiver gordura saturada, como frituras em geral, manteigas e maionese, porque também armazenam gorduras na barriga. Assim, como todas as comidas industrializadas, alimentos feitos de gordura branca como macarrão e bolos, a lista é grande. Agora veja 3 exercícios que alinhado a boa alimentação vão te deixar com a barriga dos sonhos e ainda podem ser feitos em casa.

  1. Abnominal bicicletinha – Deitado no chão coloque as mãos atrás da cabeça, tente levar o joelho direito até o cotovelo esquerdo, e alterne o movimento com joelho esquerdo e cotovelo direito, sucessivamente durante umas 20 repetições, ou determinado tempo, tipo 30s. Tenha cuidado com a postura para não forçar coluna.
  2.  Pernas elevadas –  Deite-se no chão e levante as pernas em direção ao teto, contraindo o abdômen, depois baixe e repita e o movimento em sequência, pode ser igual ao anterior.
  3.  Abdominal duplo –  Deitado no chão eleve as pernas em direção ao teto, coloque as mãos atrás da cabeça, e faça o movimento ida e vinda, permitindo que os músculos da barriga trabalhe. Repita umas 20 vezes. Lembre-se de não força a cabeça.

author: ma.gabrielasouza

Jornalista- Centro Universitário 7 de Setembro

Comment
0

Leave a reply