Loading...
Blog
  • Main page
24
05
2017

Sente muitas dores durante o dia a dia? Pensando em parar de treinar por causa de dores? Saiba o que pode estar causando e como tratar já!

By Eldson 0

As dores de origem lombar (lombalgia) ou cervical (pescoço) são um dos problemas de saúde mais comuns que afetam os adultos hoje em dia, sendo o segundo principal motivo de consultas médicas no mundo, um dos fatores que levam a essa constatação é o aumento da população de terceira idade, o estilo de vida sedentário na modernidade, e o treino físico inadequado, então saiba a seguir alguns fatores de risco que contribuem para dores nessas regiões:

  • Obesidade;
  • Sedentarismo;
  • Excesso de atividade física;
  • Postura inadequada frequentemente ;
  • Estresse Psicológico;
  • Trauma;

Mas com consciência e orientação profissional, você pode se tornar menos vulnerável a essas dores, ou se curar, basta eliminar fatores que são potencialmente nocivos à sua saúde e em seu estilo de vida, pois seu corpo constantemente demonstra se está bem ou não, por exemplo; dores e fadigas são sinais que o corpo emite alertando-o sobre algo errado.

Em seguida saiba com essas dicas a maneira correta de alongar-se, tratar lesão, aquecimento e potencialização de seu treino com a nutrição adequada;

  • Aqueça o corpo antes do exercício de alongamento ou fortalecimento muscular, você não deve alongar um músculo frio ou inerte, isso pode causar rompimento de fibras musculares, portanto uma corrida ou caminhada, ou um banho quente antes do exercício ajudará a aquecer seus músculos, aumentando o fluxo sanguíneo, lubrificando suas articulações e preparando-o para um programa seguro de exercícios.
  • Ingestão de bastante água durante todo o seu dia, é muito importante, principalmente durante algum tipo de atividade física, pois impedirá desidratação e possibilitará seu corpo de eliminar toxinas durante o exercício, cerca de 2 à 3 litros de água por dia.
  • Em caso de lesão, não trate com calor na área afetada , usando gelo nas primeiras 48 horas,  diminuindo a inflamação, mas não devendo passar de 20 minutos de aplicação, então se deve interromper por pelo menos 1 hora para só depois voltar a colocar o gelo por mais 20 minutos, se necessário.

Lembrando que todo exercício deve ter sido liberado por consulta médica sob prescrição, e toda lesão também deve haver averiguação médica.
Procure também um acompanhamento de um profissional de Educação Física para lhe acompanhar durante seus exercícios.

Referências Bibliográficas / créditos: Livro; Coluna Saúdável, Anatomia Ilutrada de Philip Striano

 

author: Eldson

Graduando em Educação Física na UNIFOR ( Universidade de Fortaleza) 22 anos, Fortaleza - Ce

Comment
0

Leave a reply