Loading...
Blog
  • Main page
13
02
2017

Veja a relação da gordura com a HIPERTROFIA

Sabem o quão prejudicial é gordura para a saúde, mas devemos saber diferenciar quais fazem mal e quais são indispensáveis para o bom funcionamento do organismo, aliás, é um dos macronutrientes. Se está numa dieta de hipertrofia é de suma importância estar por dentro deste assunto.

A gordura desempenha um papel muito importante na produção de hormônios e esses são responsáveis pelo crescimento e aumento da força. Não deve-se excluí-las da alimentação, mas saber exatamente quais e a quantidade correta de consumo para auxiliar no processo de hipertrofia. Além do que, inúmeras são suas funções no organismo, ajuda a regular o açúcar no sangue, a reparar as células das articulações, dos órgãos, da pele e cabelo.

As pessoas ligam o excesso de peso diretamente a gordura, mas, isso é um conjunto de más costumes, inclusive da alta quantidade de ingestão de carboidratos simples. Quando se tem uma dieta de baixa de gordura, o organismo passa armazenar qualquer tipo de gordura, boa ou ruim, para uma possível escassez, a falta desse macronutriente também prejudica a produção de testosterona e atleta nenhum quer isso.

Por tanto, devemos ter o conhecimento que existem dois tipos de gordura, as saturadas (ruins) e as insaturadas (boas). Basicamente nosso corpo precisa das gorduras boas: ômega 3 e ômega 6, que podem ser encontradas em salmom, atum, sardinha, anchova, castanha de caju e do pará, amendoim, azeite de oliva, óleos de girassol, canola, linhaça.

A ruim é encontrada nas frituras em geral, manteiga, carnes gordurosas, por exemplo. Então se você deseja bons resultados ma musculação inclua a boa gordura em sua dieta, que vai te ajudar na produção de hormônios e melhorar o bom colesterol.

author: ma.gabrielasouza

Jornalista- Centro Universitário 7 de Setembro

Comment
0

Leave a reply